Mude o tamanho do texto: A A A

Zé da Madruga

*** Na edição anterior eu falei sobre “bombas e bombados”, tanto nas academias (praticantes radicais), como também nos produtos alimentícios.

*** Repercutiu! Um leitor mais atento achou de fazer algumas observações: – O que faz mais mal para o corpo humano com as tantas doenças que estão surgindo, com ênfase maior para o câncer?

*** E foi mais longe ao perguntar se vem da carne, das frutas e verduras, arroz, feijão, água ou ar, estes males que entristece a assusta o barra-garcense.

*** Imaginamos que passou da hora de se procurar detectar em primeiro lugar, os canalizadores de tão grande mal e, no paralelo, os sintomas.

*** Enquanto isso não acontece, vamos lamentando a perda de familiares e amigos. São perdas que poderiam serem evitadas se as autoridades competentes não fossem tão negligentes…

*** Os moradores mais antigos de Barra do Garças sabe dos produtos que eram sadios e do material pesado que surgiu, pós inauguração do curtume, quando produtos pesados foram jogados nos córregos, matando peixes e causando dissabores diversos à população…

*** O lamento não pode ser tardio se as precauções inerentes são provocadas antecipadamente. Quem cuida, cuida…

*** Como pode uma pessoa chefiar um País e dizer que não sabe de nada, nem ter culpa de nada? Lula sabe tudo dos outros, mas dele mesmo não sabe de nada…

*** Bem amigos, sem que eu e meus colegas (Me recuso a dizer companheiros) estamos sendo intolerantes ao massificar todas estas indolências petistas. Sabemos também que quem sai do espeto, cai na brasa, em se tratando de carne estragada.

*** E neste caso a putrefação é geral, mas isto não isenta o PT de tentar manusear os outros partidos. Aliás, bobo é quem pensa que engana o PMDB de velhas jornadas.

*** O MDB que mudou para o PMDB, sempre foi rei, sem ser majestade. Isto depois da arrebentada do José Sarney, quando o partido resolveu que ficaria na retaguarda, manipulando, mas deixando que o titular pensasse que estava mandando.

*** Ocorre que em terra de malandragem quem tem um dedo é rei, também deixa o outro pensar que está mandando, o que se torna uma ciranda de rabo, com cada um, tentando degustar o outro.

*** No fim, quando um pensou que tinha jantado o outro a balbúrdia se iniciou, em ambos os lados sofrendo sérias derrotas. A previsão de águas calmas está difícil, com a prisão de diversos elementos, tanto de um lado, como do outro.

*** Na verdade o que se imagina é que as rusgas vão continuar, já que delações e buscas da Polícia Federal, em comum acordo com a equipe da Lava Jato estão desmontando muitos redutos até então inacessíveis.

*** Pelo andar da carruagem, e no dizer de muitos espectadores, o Brasil está sendo passado a limpo, muito embora a grande maioria dos políticos envolvidos não estejam nem aí…

*** Pode-se dizer que o Eduardo Cunha, José Dirceu e muitos outros que estão sendo penalizados, também pensavam assim. Deu no que deu. Deu no que não imaginavam dar, mas acabaram dando.

*** Chega de desabafo. Estou com minha alma lavada e agora só vou falar de coisas boas, a exemplo de boas comidas, boas bebidas.   

*** Ih! Acabou meu espaço… Até…               

Seja o primeiro a comentar sobre "Zé da Madruga"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*