Mude o tamanho do texto: A A A

Zé da Madruga

*** Graças a Deus passei a economizar gasolina para procurar estacionamento no centro. Isso graças à implantação do estacionamento rotativo.

*** Se gastava mais de R$ 5 reais zanzando, agora chego e pago meus R$ 2 reais e fico tranquilo para fazer minha ronda de compras, ou ir ao banco. Isto se chama mordomia.

*** Ressalto que a implantação deste controle de trânsito veio em boa hora. Aliás, até muito tarde e, como colocou o Paulo Batista, nosso Editor, a semente foi plantada por ele, anos antes.

*** Conforme ele, o fruto nasceu de uma visita que ele fez a Dourados (MS), onde já ocorria tal modalidade há alguns anos atrás e era feita por Parquímetro.

*** Ele trouxe a ideia, publicou em duas páginas e com chamada de capa. Os comerciantes inicialmente se mostraram contra, inclusive o José Alves, então presidente da CDL.

*** Depois de algum tempo o José Alves voltou ao tema, tentando ele mesmo, implantar o projeto. Fez estudos e chegou à conclusão que era viável, só que a municipalidade abortou, sob o argumento de que não era hora.

*** Tempo depois houve nova tentativa por parte da CDL, que já tinha novo presidente, mas também não deu em nada, frustrando a maioria dos comerciantes que eram sensíveis a tal fato.

*** As vendas caíram e a pressão continuava até que a municipalidade correu atrás e cedeu, Abrindo licitação, com esta nova empresa vencendo o projeto.

*** Agora, em fase de implantação surgem as pendengas dos contra e dos em favor. Os pró são maioria absoluta, ma guerra dos inconformados continua.

*** Quem aplaude são os que querem comprar e não tinha onde estacionar, vez que os estacionamentos eram tomados por proprietários e funcionários de lojas.

*** Agora quero falar sobre o Lula e o PT. Na sua “entrevista” com o juiz Sérgio Moro, que ocorreu na quarta-feira última, quando eu já havia escrito esta minha coluna.

*** Quero abordar aqui o fato que eles – petistas – e outros saltimbancos que trilha o caminho da desonestidade e querem convencer de que o errado é o certo e o certo passando a ser errado.

*** Nessa ótica imagino que sou da turma do errado. Errado em acreditar que nossos políticos e demais contraventores de todas as matizes (poderes) estão certos em tirar proveito em tudo.

*** Usam os “errados” que acreditaram na possibilidade de alguém fazer alguma coisa para o bem do País, do povo que realmente trabalha com honestidade de fato e de direto e não destes que querem empurrar goela abaixo do povo seus instintos maquiavélicos, ou seja, ganhar sempre…

*** A inversão de valores está latente. E estes valores são defendidos por Lula, a maioria dos petistas e outros correlatos…. Mudando de assunto, por que o meu espaço está curto:

*** Perguntaram a um sábio por que perdemos os amigos. Ele respondeu: Se perdemos é porque não eram amigos… Os amigos são para sempre…

Seja o primeiro a comentar sobre "Zé da Madruga"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*