Mude o tamanho do texto: A A A

Zé da Madruga

*** Bem pessoal o período carnavalesco já começa a ser delineado. A Secretaria de Turismo avisa que mesmo sem ajuda governamental o Carnaval de Rua vai acontecer.

*** Conforme a secretária Mônica Porto é uma exigência do prefeito Roberto Farias que os foliões da cidade não fiquem fora deste folguedo que já se tornou tradição em Barra do Garças.

*** Por outro lado é tempo de retiros espirituais. Igrejas Católicas e Evangélicas já está se preparando para reunir fervorosos em locais apropriados.

*** Há também os que tiram o tempo (ou os dias) para se reciclarem, descansarem para as labutas que advirão no pós Carnaval.

*** Para os políticos e postulantes chega a hora de amolarem as ferramentas para os embates que culminam em outubro, que é a hora da verdade, ou seja, da contagem dos votos dos que pretendem (ou sonham) serem eleitos.

*** Em nossas paragens poucos são os que estão se atrevendo a colocarem suas cara à tapa, como dizem os que gostam de uma boa piada.

*** Ocorre que os antigos políticos estão (ou estarão) sendo alijados, naturalmente, pelo eleitorado que promete não votar nos políticos atuais.

*** Por outro lado a falta de líderes é latente e aquele que não milita no setor se atrever a enfrentar as urnas pode até ser eleito com facilidade, bastando que para isto tenha o carisma necessário para tal fim.

*** Há também, claro, políticos que ao longo do tempo tem feito trabalhos elogiáveis. São raros, claro, mas existem, basta que para iaso usemos a lupa da coerência e da consciência.

*** O que não podemos é errar duas vezes, não votando em quem promete mundos e fundos, a exemplo de Teleférico do Cristo ao Porto do Baé e vice-versa.

*** Em tempos indos houve até um político que no fervor de sua fala em palaque prometeu colocar um ventilador gigante em cima da serra para refrescar a cidade.

*** Para analistas chegou a hora de se escolher pessoas competentes e honestas pra nos representar, tanto em nível local, como estadual e federal. Cheou a hora da verdadeira limpeza.

*** “Agora se você tem a índole de corruptor (formador de corrupto), de eleitor desonesto, prometa ao corrupto que você vai votar nele, ganhe o seu dinheiro e vote no tido como honesto”, colocou o Bentinho.

*** E os invasores de terras estão se alastrando, destruindo propriedades e assustando quem quer trabalhar no campo, honestamente. Aqui no município de Barra há boatos de que políticos estão dando apoio…  

Seja o primeiro a comentar sobre "Zé da Madruga"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*