Mude o tamanho do texto: A A A

Zé da Madruga

*** O “Clube da Panela” voltando a se reunir na próxima terça-feira, dia 10, lá no Canto da Serra (Bancrévea), a partir das 19:00 horas.

*** Comandarão as panelas a dupla Aridaque e Astrogildo, que prometem, de entrada, uma saborosa panceta e no prato principal carne grelhada, arroz, salada e outros ingredientes.

*** Vai ter chopps do Júnior, Whisky, vinho e pinga, para se aliar na degustação da comida que já está dando água na boca.

*** Vale colocar que a panceta sempre foi um prato feito pelo paneleiro Donizete. Ele fazia questão de, junto com o Paulo Batista, saborearem esta iguaria quase todos os finais de semana no mesmo local citado.

*** Infelizmente o Donizete tem passado por maus momentos de saúde, o que causa tristeza aos seus familiares e amigos. Fico pesaroso com este percalço que sua família e amigos estão passando.

*** Outro paneleiro que deixou seus amigos, em grande e profundo lamento foi o falecimento do Dr. Raul Dolzan. Sempre está sendo citado nos vários encontros dos paneleiros.

*** Vale observar que o paneleiro Dolzan era tido como bom amigo, espirituoso e bom contador de piadas, o que deixava o ambiente totalmente descontraído. Foi omisso ao não continuar aqui conosco…

*** A vida nos causa dissabores diversos. “O lamento é muito grande quando perdemos bons e autênticos amigos”, colocou o Paulo Batista.

*** “São muitos os bons paneleiros e amigos, que foram embora, deixando uma grande lacuna, em nossa sociedade”, colocou o Paulo Batista.

*** Continuando ele colocou que “outro que deixou muitos sem chão, foi o falecimento do Geraldo Quirino, da Viação Xavante. Foi uma repentina e lamentável morte”, colocou.

*** O Paulo colocou também que fez um pleito ao prefeito Roberto Farias, ainda no seu primeiro mandato, de que se deveria prestar uma homenagem ao Geraldo, colocando seu nome em uma via, com o devido destaque.

*** O Beto sabia (e sabe) que o seu pai Wilmar Peres foi um dos bons amigos que o Geraldo tinha (e vice versa), motivo pelo qual o Paulo entendeu que seria prontamente atendido. Até hoje nada…

*** Fica o registro e a esperança de que a solicitação seja feita através da Prefeitura ou da Câmara Municipal. Muitos são sabedores de que se o Geraldo ainda tivesse vivo, Barra do Garças e o Araguaia estaria em outro estágio.

*** Hoje somente os seus poucos amigos e familiares ainda colocam seu nome em destaque. “É a vida”, disse o Paulo Batista, que era seu companheiro de velhas jornadas.

*** “Acho que devemos muito aos nossos pioneiros, aos nossos empresários, advogados e outros seres que nos deixaram, motivo pelo qual, prestar homenagem aos mesmos sempre será de bom senso”, colocou novamente o Paulo.

*** Por meu lado acho que o prefeito Beto e o vereador Miguelão ainda podem recuperar não só este pleito, como também de outros que muito fizeram por Barra do Garças e merecem serem homenageados. Entendo ser assim.

*** Acho que a recíproca é verdadeira. Ninguém sabe o dia de amanhã. A morte pega de surpresam crianças, jovens e adultos.

*** Não pensem vocês que dinheiro segura a pessoas, preserva a saúde. Claro que tem que se cuidar, mas chegando a hora, só Deus para adiar…

*** Que os impassíveis pensem nisso, caixão não tem gaveta, somente o lamento dos que aqui com que ele conviveu. A ganância não leva a lugar nenhum…..

Seja o primeiro a comentar sobre "Zé da Madruga"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*