Editorial

Mão à Palmatória (II)

Como colocamos na edição passada, o povo brasileiro, desde tempos passados, vive dentro de um redemoinho de ventos fortes e descabidos, para não dizer inexplicáveis. …


Mão à palmatória

Como o dito por um amigo jornalista, dos velhos tempos, lá de Goiânia, o tempo passa, o tempo voa, como se repetindo o refrão do…


Trabalho (in)consciente

A ideia generalizada é que o analfabetismo inconsciente ou funcional parte daqueles que não sabem ler ou interpretar o colocado. Mais adiante há os que…


Um futuro incerto

O tira e põe, o remaneja e as negociações administrativas e políticas continuam, Mais a politicagem, que está no alvoroço, ou melhor, no furacão e…


Crise existencial

Acordamos e dormimos com a crise, seja ela existencial, econômica, política ou até mesmo programada em nossas conversas do dia a dia. Como colocam estudiosos,…


Sucateamento geral

A cantiga é velha quando dizem que o Brasil é rico em tudo, seja no seu chão (solo rico em minérios), nas suas matas, nos…


Peneirada necessária

“Quem somos nós, comunitário periférico, para palpitar na política brasileira”, questionou um boateiro do dia a dia. Somos eleitores e ainda por cima brasileiro que,…


Crítica construtiva

Como ressalta velho provérbio mineiro, não se deve olhar na lua, quando cheia, pensando que é queijo. O mesmo está ou ocorreu com a chamada…


Faltando coerência

Nunca imaginamos que ao sugerirmos, anos antes, a implantação do chamado Parquímetro em Barra do Garças, estilo Dourados, no Mato Grosso do Sul, se pudesse…


Baderna generalizada

Que país é este, companheiro? Diria até mesmo um menos aquinhoado pela leitura ou analfabeto. A confusão está formada e é onde a Justiça faz…