Editorial

Cadê os não corruptos?

Na semana passada, escarafunchando notícias que não abordassem somente notícias ruins, encontramos um artigo que usava o tradicional bordão de sempre, a corrupção. Ocorre que…


A casa está caindo

Diz velho ditado de que onde há fumaça, há fogo. As colocações começaram como um murmúrio e vem se alastrando, gradativamente. Nós daqui já falávamos…


Formigueiro da corrupção

Como coloca velho escrevinhador (jornalista tarimbado), estamos vivendo um momento catastrófico. Iguais baratas tontas atingidas por venenos de má qualidade, os políticos estão dando demonstrações…


A falta de escrúpulo

Chegou o tempo das descobertas, do escarafunchar na vida dos inescrupulosos. Isso em todos os cantos e recantos do País. Já havia, tempos antes, arremedos…


Caminhando para trás

Quanto imaginamos que tudo vai dar certo, que Barra do Garças tomou o seu rumo, na sua total plenitude, aparece algumas pedrinhas para atrapalhar o…


Mão à Palmatória (II)

Como colocamos na edição passada, o povo brasileiro, desde tempos passados, vive dentro de um redemoinho de ventos fortes e descabidos, para não dizer inexplicáveis. …


Mão à palmatória

Como o dito por um amigo jornalista, dos velhos tempos, lá de Goiânia, o tempo passa, o tempo voa, como se repetindo o refrão do…


Trabalho (in)consciente

A ideia generalizada é que o analfabetismo inconsciente ou funcional parte daqueles que não sabem ler ou interpretar o colocado. Mais adiante há os que…


Um futuro incerto

O tira e põe, o remaneja e as negociações administrativas e políticas continuam, Mais a politicagem, que está no alvoroço, ou melhor, no furacão e…


Crise existencial

Acordamos e dormimos com a crise, seja ela existencial, econômica, política ou até mesmo programada em nossas conversas do dia a dia. Como colocam estudiosos,…