Mude o tamanho do texto: A A A

Um roteiro positivista

“Estamos navegando em águas revoltas, em todos os sentidos, motivo pelo qual precisamos nos alicerçar nos pensamentos positivos”, disse um velho colega de caminhada.

“Vocês já tiveram, ou incentivou um terceiro para um pensamento positivo no dia de hoje? A forma com que as pessoas enxergam o mundo, ao seu redor, reflete, de forma direta na maneira com que lida com o meio em que está inserida”, colocou um outro amigo.

Entendemos que está ficando cada vez mais difícil lidar com os preâmbulos do existencialismo, de uma maneira em geral. São inúmeros os desencontros que estão interferindo cada vez em nossos posicionamentos e se não tivermos um controle da mente, tudo pode ir por água abaixo. Necessitamos também mirar nas ideias de quem nos repassa informações, que podem estar, de maneira subjetiva, contaminada, ou desajustada diante daquilo que pretendemos seguir.

Conforme muitos portadores do positivismo, grande benefícios podem advir nestes pensamentos, pois são eles responsáveis pelo sucesso ou insucesso das metas almejadas.

Estudiosos ressaltam que os pensamentos positivos são os responsáveis por promover grandes benefícios profissionais, e também pessoais, em um curto período de tempo.

“Uma inteligência emocional que caminha ao lado de bons sentimentos estimula atitudes favoráveis ao crescimento e a evolução. A partir desta percepção é possível enxergar além dos desafios, perceber a situação, analisá-la, procurar uma solução e absorver o aprendizado junto àquele episódio”, afirma.

Bons exemplos e vantagens de abrir a mente para a positividade estão o crescimento e o desenvolvimento que são seguidos por profissionais audaciosos.

Citamos neste permeio o empresário Nilo Bevillácqua (Supermercado Nilo e Barra Center Shopping), que saiu do negativo, partindo para o verdadeiro positivismo. A partir do instante que você confia em si, nas suas habilidades e repertório não há adversidades que te impeça de alcançar os seus objetivos profissionais.

“Penso positivo e trabalho muito, ou seja, das 07:00 às 10:00 horas, diariamente, numa preparação para o futuro. Não tenho receio da concorrência. O que devemos fazer são as adequações É permitido sentar e reclamar do trabalho, na verdade, de todas as situações que não deram certo no passado. Mas, se mantiver uma postura positiva diante da vida, iremos enxergar uma lição em cada situação”, colocou
É um caminho que tem sido trilhado por muitos, na “Grande Barra”, em muitos setores da sociedade.

Quem para e não pensa positivo, cansa…

Seja o primeiro a comentar sobre "Um roteiro positivista"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*