Mude o tamanho do texto: A A A

Zé da Madruga

*** Estou realmente triste, sorumbático, escalafobético, desmilinguido com o que vem acontecendo com nosso portentoso País. Sorte nossa que o Brasil é rico, tanto em matéria prima, como o produto final.

*** Pena que a corrupção e os altos salários consomem toda a nossa riqueza, não sobrando quase nada para a saúde, educação e outros benefícios que venham de encontro às necessidades do cidadão comum.

*** Ganham bem os concursados, políticos e apadrinhados de políticos. O resto, a plebe ignara, fica a ver navios, ou vendo a banda passar.

*** Também ficam na berlinda, os desempregados e os que estão vivendo de “bicos”, ora aqui, ora ali. A praça Sebastião Júnior, por exemplo, tem de tudo, além dos taxistas que ficam ali ganhando a vida, na luta e na labuta.

*** Outro local que virou ponto da “marreta” é a praça dos índios. Faz ponto ali diversos dependentes, com vendas de “badulaques” e outros produtos. A venda de chips virou subterfúgios, em alguns casos.

*** Em frente o Banco do Brasil tem de tudo, até cuidador de carros, com seus papelões. O local virou como o dito um mercadão generalizado. “É a busca da sobrevivência”, disse o Bentinho.

*** Já imaginaram se não houvesse tanta corrupção e tantos ganhos em cima de ganhos? Todo dia se estampa nos noticiários que o fulano foi preso por isto, outros por aquilo.

*** Muitos políticos corruptos brigam para não aumentar o salário mínimo, pois se assim o fizessem os seus dividendos seriam prejudicados.

*** Enquanto isso também há os que ganham altos salários, tendo ainda direto a outros abonos extras, para pagarem escolas para os filhos, moradias, passagens aéreas, planos de saúde ilimitada e assim por diante.

*** Até imaginei que se houvesse uma lei em que ninguém poderia receber (entre mordomias diversas) mais que 15 salários mínimos, será a redenção do País.

*** Em assim sendo, o nosso sonho (meu e de muitos milhares e milhares de pessoas) seria realizado. Isto se realmente imperasse a honestidade.

*** Sonhar é preciso, viver mais ainda. Deve ser por isto que também sonho com a volta dos militares ao poder para que o pingo, nos ís, seja colocado.

*** Todos acompanharam (e acompanham) que os militares que administraram o nosso País foram e morreram pobres, enquanto os seus sucessores estão vivendo (eles, familiares e apaniguados) na opulência. É só pesquisar, para notar…

*** Como coloca alguns amigos, o mundo é dos mais espertos. Não dizem, porém, que são dos aproveitadores, dos corruptos, talvez, até por que também queiram tirar proveito.

*** Gosto até de ressaltar, de vez em quando, que se há corrupto é por que há corruptores, os que querem tirar proveito em tudo. Conheço alguns que vendem até votos…

*** Tenho por convicção que falei muito, mas não falei para a maioria… Até!!!

Seja o primeiro a comentar sobre "Zé da Madruga"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*