Mude o tamanho do texto: A A A

Friboi aumenta abate e contrata

Com quase 5 mil colaboradores contratados em MT, a JBS é a empresa que mais gera emprego no Estado

A JBS anunciou na segunda (5), que vai ampliar em 50% a capacidade de abate de bovinos no frigorífico de Barra do Garças. Mato Grosso. Esta é a primeira planta instalada pelo grupo no Estado, em 1998, e a operação em novo turno começa em duas semanas. Mais de 400 empregos foram anunciados. 

JBS aumenta capacidade de abate e avalia contratar 400

Da Redação/Estadão

A JBS anunciou nesta segunda (5), que vai ampliar em 50% a capacidade de abate de bovinos no frigorífico de Barra do Garças. Mato Grosso.

Esta é a primeira planta instalada pelo grupo no Estado, em 1998, e a operação em novo turno começa em duas semanas. A empresa não informou o volume a ser abatido na unidade.

“O incremento na produção é possível em função da otimização da capacidade instalada da unidade”, disse, em nota, Renato Costa, presidente da JBS Carnes.

Segundo a companhia, 400 profissionais serão contratados. A unidade está em operação há 20 anos e está habilitada a exportar para os principais mercados internacionais. A JBS Carnes tem 36 unidades no Brasil, em diversos Estados.
Com quase 5 mil colaboradores, a JBS é a empresa que mais gera emprego no Estado.

Ela opera atualmente em Lucas do Rio Verde com confinamento animal. Além disso, atua com processamento, com a parceria de pecuaristas, nos municípios mato-grossenses de Água Boa, Alta Floresta, Araputanga, Barra do Garças, Colíder, Confresa, Diamantino, Juara, Juína, Pedra Preta e Pontes e Lacerda.

Paralisações

Há pouco mais de três anos a empresa tem vivido dias conturbados no Estado. Em 2015 e 2016 trabalhadores sofreram com os fechamentos ou a paralisação de pelo menos sete unidades, nas cidades de Cáceres, Cuiabá, Várzea Grande, Vila Rica, Juará, Matupá e São José dos Quatro Marcos.

Nesse último caso, após a demissão de 650 funcionários a empresa firmou acordo com o Ministério Público do Trabalho de Mato Grosso (MPT/MT) para encerrar o processo movido pelos colaboradores.

De acordo com o setor, a JBS ainda é detentora de quase 50% dos frigoríficos de Mato Grosso. No ano passado, a empresa esteve envolvida em diversos casos de corrupção. Os esquemas ilícitos foram conhecidos após a delação premiada de Joesley e Wesley Batista – sócios e donos do empreendimento – à Procuradoria Geral da República (PGR).

Em Mato Grosso, a empresa pagou R$ 30 milhões ao governo estadual em troca da redução de impostos.

Após os problemas, o conglomerado chegou a anunciar a paralisação da produção de carne bovina por três dias em 10 plantas em Mato Grosso e depois concedeu férias coletivas para trabalhadores de quatro unidades, sob a justificativa de adequação do volume de produção.

Marcas

A JBS é uma das líderes globais da indústria de alimentos e conta com cerca de 235 mil colaboradores, em mais de 20 países. A Companhia possui um portfólio de marcas reconhecidas pela excelência e pela inovação, como Doriana, Friboi, Moy Park, Pilgrim’s Pride, Primo, Seara, Swift, Gold’n Plump, entre outras, que atendem 350 mil clientes de mais de 150 nacionalidades em todo o mundo.

Com foco em inovação, essa diretriz se reflete também na gestão de negócios correlacionados, como couros, biodiesel, colágeno, higiene pessoal e limpeza, invólucros naturais, soluções em gestão de resíduos sólidos, embalagens metálicas e transportes.

Seja o primeiro a comentar sobre "Friboi aumenta abate e contrata"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*