Mude o tamanho do texto: A A A

Movimento Maio Amarelo é lançado com ações em 35 municípios

Dados da Secretaria de Segurança do Estado mostram que somente em 2017 foram registradas 23 mil ocorrências no trânsito, sendo que 656 resultaram em mortes, das quais 240 em Cuiabá e Várzea Grande. - Foto por: Francisco Alves - GCom/MT

Esse é o maior evento já realizado pelo Governo, com a adesão de 35 cidades para a mobilização da sociedade por um trânsito mais seguro.

Karol Garcia | Detran-MT 

O Movimento Maio Amarelo, com o tema “Nós Somos o Trânsito”, chega a Mato Grosso com a maior programação já vista desde o início do projeto que é realizado em outros 27 países há cinco anos. O lançamento da edição 2018 ocorreu na noite desta terça-feira (24.04) com a presença de autoridades, parceiros, sociedade civil organizada e representantes de entidades ligadas ao tema.

De acordo com presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Thiago França, órgão que encabeça o “Maio Amarelo”, 35 cidades aderiram ao Movimento neste ano, o que demonstra o engajamento e o despertar para a necessidade de mobilizar a sociedade por um trânsito mais seguro.

“Essa é uma noite histórica para Mato Grosso, pois estamos lançando o maior movimento pela vida já visto. Isso porque o número de mortes no trânsito ainda é assustador. A adesão das cidades do interior é de grande importância, pois vamos conseguir somar mais forças em prol da vida. O calendário de ações é intenso e durante os 31 dias do mês de maio teremos uma série de ações com cunho preventivo e educativo”, afirmou o gestor durante a solenidade de lançamento do Movimento Maio Amarelo, realizada na Praça das Bandeiras em Cuiabá.

O presidente apontou que serão feitas blitz de orientação, ciclo de  palestras, passeios ciclísticos, entrega de bafômetros para batalhões de trânsito, além das ações realizadas pelas Ciretrans nos municípios participantes. “E também em maio será publicado o Plano Estadual que estabelece as diretrizes para redução de mortes com motociclistas, um dos maiores alvos dos acidentes de trânsito, segundo as estatísticas”, disse Thiago França.

Dados da Secretaria de Segurança do Estado mostram que somente em 2017 foram registradas 23 mil ocorrências no trânsito, sendo que 656 resultaram em mortes, das quais 240 em Cuiabá e Várzea Grande.

Representando todos os prefeitos de Mato Grosso, a prefeita de Chapa dos Guimarães, Thelma de Oliveira, enalteceu as parcerias que o Detran tem realizado junto aos municípios. “O Detran tem tido um papel importantíssimo, e quero ressaltar a sua disposição Thiago França em fazer as parcerias com as prefeituras também. É nesse sentido que conseguiremos avançar ainda mais, com os prefeitos comprometidos com a redução do número de acidentes e mortes no trânsito. O Detran tem sido um grande parceiro de Chapada dos Guimarães, uma cidade turística que recebe milhares de pessoas e que precisa ser exemplo, e não poderíamos deixar de prestigiar esse evento”, disse a prefeita Thelma.

O superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Aristóteles Cadidé, reforçou o impacto positivo do Movimento Maio Amarelo nos municípios e citou como exemplo a importância da adesão das cidades mato-grossenses ao Sistema Nacional de Trânsito.

“Fazemos parte de um contexto maior, a via urbana do município – se não é integrado ao Sistema Nacional de Trânsito -, é necessário que celebre convênio com o Detran para que haja a fiscalização nas cidades. Aqueles que estão homologados que exerçam seu papel de Executivo para gerir e fazer as ações de orientação e fiscalização. Conclamo a todos para que possamos construir para que Mato Grosso possa colaborar com essas ações. O Maio Amarelo está aí para nos lembrar e nos fazer exercer nosso papel enquanto agente direto nas ações e também como cidadão”, afirmou Cadidé.

Para o comandante do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário de Mato Grosso, tenente coronel Esnaldo de Souza Moreira, o movimento é um momento de reflexão. “Precisamos avaliar o que trânsito que queremos e como podemos torná-lo melhor. O Maio Amarelo vem como um momento de análise e contempla não apenas motoristas e motociclistas, mas os pedestres também, que precisam se conscientizar”, afirmou.

Também participaram do evento o secretário de Gestão do Estado, Ruy Carlos Castrillon da Fonseca, representando o governador Pedro Taques, a secretária-adjunta de Mobilidade Urbana, Luciana Zamproni, representando a Prefeitura Municipal de Cuiabá, o vice-prefeito de Várzea Grande, José Anderson Hazama, vice-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Renivaldo Nascimento, o vereador por Cuiabá, Abílio Júnior, o vice-presidente da Ordem dos Advogados Brasil, Flávio Ferreira, entre outros.

Parceiros

Além do poder público, o lançamento do Movimento Maio Amarelo contou com parceiros da iniciativa privada. O diretor de marcas do Grupo Saga, Jonilson Silva, parabenizou o Detran pela iniciativa. “Nós do Grupo Saga somos totalmente gratos pela grande oportunidade de participar de algo tão nobre, em que o foco é conscientizar as pessoas que no trânsito o mais importante é a vida. Assim como o Detran, temos essa ideologia e queremos apoiar para que essa conscientização seja estendida a cada cidadão do nosso Estado, por um nosso trânsito que seja mais seguro e o nosso respeito ao próximo seja refletido a partir de nossas atitudes”, afirmou o diretor.

Representando a Todimo Materiais para Construção, o gerente de Marketing, Walter Marcelo, reforçou o impacto na valorização da vida que o movimento traz. “A valorização e a preservação da vida é algo imensurável. Ser parte presente no Maio Amarelo, um movimento mundialmente conhecido, que tem como objetivo chamar a atenção para a educação no trânsito, nos faz refletir e aderir a este projeto. Durante os nossos 35 anos de existência, trabalhamos diariamente para a construção de novos sonhos, e os melhores, são aqueles vividos ao lado das pessoas que tanto amamos. Agradecemos pelo convite e contem sempre com a Todimo, porque a vida, não tem preço”, reforçou o diretor.

Seja o primeiro a comentar sobre "Movimento Maio Amarelo é lançado com ações em 35 municípios"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*