ANEL VIÁRIO

Foto: Edevílson Arneiro (SECOM-BG)

Nota-Superintendência Regional do DNIT em Mato Grosso

Em resposta a matéria veiculada pelo site de notícias A Gazeta do Vale do Araguaia sobre o Anel Viário de Barra do Garças, no último dia 06 de julho de 2018, a Superintendência Regional do DNIT em Mato Grosso (SR-DNIT/MT) esclarece que:

1. Conforme cronograma divulgado pela SR-DNIT/MT na última visita às obras do Contorno de Barra de Garças, as pontes sobre o rio Garças e sobre o rio Araguaia já foram finalizadas em junho de 2018, dentro do prazo previsto. Na oportunidade, a SR-DNIT/MT informou que esse prazo era para a conclusão das pontes e não para a entrega do Anel Viário, que ainda está em obras;

2. A obra do Anel Viário de Barra do Garças segue em andamento com a execução de serviços de drenagem nas proximidades do rio Araguaia, para posterior implantação de contenção dos taludes, e com o início da obra de pavimentação, na segunda quinzena de agosto de 2018. A SR-DNIT/MT procedeu as adequações e revisões do projeto, com a inclusão de rotatórias, melhoria do sistema de drenagem e iluminação das pontes.

Foto: A Gazeta do Vale do Araguaia

NOTA DA REDAÇÃO 

Ao longo dos anos (mais de 20) estamos escrevendo sobre este Anel Viário. Foram páginas e páginas, ora falando sobre a sua finalidade, ora mostrando o sentimento de desilusão das pessoas que acreditavam e passaram a desacreditar na conclusão do mesmo.

Lembramos bem que o próprio DNIT faz parte ativa desta enrolação, no decorrer dos anos quando por várias vezes aqui veio junto com algumas autoridades, prometer, e não cumprir.

Agora mais recentemente veio e disse para quem quisesse ouvir que as obras das pontes seriam entregues em maio. Falta, porém, seus acabamentos e a iluminação. Antes não falavam em drenagem, nos encabeçamentos das mesmas e muitos menos da licitação faltante pelo lado de Goiás.

A expectativa faz parte dos moradores de Barra, Pontal e Aragarças. Se as obras não estão paralisadas, por que os portões somente são abertos quando da vinda de alguma autoridade? Por que os portões estão fechados nos outros dias e não deixam que a imprensa se aproxime do local?

Como dissemos na edição de nosso jornal e site, está faltando seriedade no trato com a coisa pública, passando a ser um blá blá blá político.

Muitos são sabedores (também dito em nossas edições) que o traçado deste Anel Viário já ficou defasado e, quando inaugurado servirá tão somente para escoamento interno das cidades envolvidas, continuando o entrelaçamento de caminhões e carros.

Já está na hora de se exigir a construção de um verdadeiro contorno viário que venha atingir seus verdadeiros objetivos, que é tirar o trânsito pesado do centro das cidades de Barra, Pontal e Aragarças.

Quem sabe começando agora o mesmo seja inaugurando em 1950!!!

Para finalizar, queremos dizer aos responsáveis pela obra que quem reclama é o povo. Povo este que dá e tira as benesses de quem as pleiteia…

Seja o primeiro a comentar sobre "ANEL VIÁRIO"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*