Mude o tamanho do texto: A A A

O mal vencendo o bem

Não somos representantes (como os políticos), mas sim a voz do povo. É nosso dever fazer ecoar por todos os cantos do mundo, tudo aquilo que o povo tem vontade de gritar a pleno pulmão. E assim o fazemos regionalmente, através da imprensa escrita e o retransmitimos via site.

E os gritos estão cada vez mais ensurdecedores, pois até os mais calados passaram a sentir a necessidade de também se unir aos que ainda persistem em prosseguir com a linha da honestidade de ação. E muitos também estão preocupados em saber que no dia a dia o mal está conseguindo sobrepujar o bem.

Há mais de trinta anos, uma amiga, competente jornalista em Goiânia, ensinou-me que mudanças políticas não acontecem do dia para a noite.

Existe um plano maquiavélico e internacional, urdido por ditadores, reconhecidos ou não, cuja meta parece ser, no momento, a tomada de poder em grande parte da América do Sul. Não é alarmismo, é real!

Quem deseja revelar seu medo consciente com atitudes contra essa ditadura de onda vermelha, sabe que deverá agir sem trégua e de forma pacífica. Cada cidadão deve compartilhar com seus pares sobre o perigo iminente do golpe populista. Recebi essa msg de uma prima, também jornalista e formadora de opinião. A parte de cada um pode ser pequena, mas é ação…

Quando dizemos que o bem está sendo atropelando pelo mal, aqui no Brasil, o sentimos nos atos tidos como nocivos daquele que nunca sabe de nada, muito embora esteja sendo massacrado por dezenas de “ex-cumpanheiros” e delatores diversos.

Seus argumentos estão se escasseando e nem a sua tenaz defesa está conseguindo impedir que os seus exemplos tenham sido arrasadores em todos os cantos está sendo acusando de colocar os dedos, a exemplo da Petrobrás, BNDES e outras ramificações.

Haveremos de observar que ele é somente um ponto no grande novelo que envolve a grande maioria dos poderes constituídos. Graças ao nosso Deus as exceções ainda existem.

A nossa grande esperança, como sempre estamos repetindo (em nome do povo), é que os “Moros” da vida façam a sua parte e o STF ratifique…

Deus é Pai!!!  

Seja o primeiro a comentar sobre "O mal vencendo o bem"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*