Mude o tamanho do texto: A A A

FACULDADE CATHEDRAL – Alunos do Curso de Direito participaram de Júri Simulado

Sessão contou com a presença do Excelentíssimo Juiz de Direito, Dr. Carlos Augusto Ferrari

Por Dhiego Fhilipe Mendes

No dia 20 de maio, a Coordenação do Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da Faculdade Cathedral, promoveu uma sessão de Júri Simulado. A prática é adotada visando oferecer vivências da atuação de um julgamento de um caso simulado, com os mesmos procedimentos do Tribunal de Júri, em que cidadãos comuns e idôneos, decidem em sã consciência e sob juramento, sobre a condenação ou absolvição do réu, em processos de crimes contra a vida, tentados ou consumados.

Como ferramenta pedagógica para o Curso de Direito, constantemente o NPJ da Faculdade Cathedral, propicia aos seus acadêmicos a vivência prática do Júri simulado, ação que objetiva fomentar e desenvolver o senso crítico dos acadêmicos do curso, ampliando suas competências e habilidades no domínio da argumentação, oralidade, persuasão e organização das ideias. Dessa forma, é possível colocar em prática todo o conhecimento teórico aprendido em sala de aula, vivenciando com maior percepção o que ocorre no cenário jurídico.

A Atividade foi proposta aos acadêmicos do Curso de Direito, do 9º semestre (Matutino e Noturno), da disciplina de Estágio Supervisionado – Penal, sob orientação do Prof. Esp. Humberto Alves do Nascimento e aos alunos do 8º semestre (Matutino e Noturno), orientados pela Prof.ª Esp. Arlete Alves do Nascimento, responsável pelo Estágio Supervisionado – Cível (Família e Sucessões).

Responsáveis pelo processo de criação e interpretação do Júri Simulado, os acadêmicos do 9º semestre, compuseram brilhantemente as bancadas de acusação e defesa. Para compor a bancada dos jurados, foram convocados os acadêmicos do 8º semestre. Além disso, para enriquecer a experiência acadêmica, os acadêmicos puderam usufruir do vasto conhecimento do Excelentíssimo Juiz de Direito, Dr. Carlos Augusto Ferrari, responsável pela 1ª. Vara Criminal de Barra do Garças.

Segundo o magistrado, a ligação entre a teoria e prática profissional, é de suma importância: “as audiências simuladas, podem contribuir significativamente para a formação dos acadêmicos de Direito. É o momento que eles cumprem o papel de advogado, promotor e jurados, por exemplo. E para mim é uma satisfação poder contribuir com esse desenvolvimento intelectual e também para o poder judiciário”, afirmou Dr. Carlos Augusto Ferrari.

O Prof. Humberto acrescenta que a Faculdade Cathedral tem a responsabilidade de preparar o acadêmico para a prática que a profissão exige. “É justamente isso que buscamos com a realização do Júri Simulado. Além dessa experiência, o NPJ da Cathedral atua como “Defensoria Pública” para a população de Aragarças, pois o município não dispõe do órgão defensor. Assim, a Faculdade cumpre seu papel, atendendo a comunidade carente gratuitamente, e ao mesmo tempo, viabilizando o contato do acadêmico com a realidade do cotidiano profissional”.

O Diretor Executivo da Cathedral, Dr. Sandro Saggin frisou que “a realização do júri simulado é uma oportunidade para os acadêmicos praticarem os conhecimentos adquiridos de forma interativa”. Segundo ele, são experiências como essa que contribuem para a formação dos bons profissionais.

Seja o primeiro a comentar sobre "FACULDADE CATHEDRAL – Alunos do Curso de Direito participaram de Júri Simulado"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*