Mude o tamanho do texto: A A A

Processos de concessão de aposentadoria têm novo recorde de melhoria

Alline Barros/MTPrev
 Um esforço conjunto do Mato Grosso Previdência (MTPrev) e da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) resultou em novo recorde de melhoria nos processos de concessão de aposentadoria aos servidores públicos no âmbito do Governo de Mato Grosso. É o que evidencia relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) acerca dos processos relativos ao primeiro quadrimestre de 2017.

O levantamento indica que apenas 3,14% dos 2.796 processos previdenciários analisados pelo Tribunal no período mencionado tinham alguma impropriedade. O índice já foi de 70%, dentre falhas de cálculo dos proventos, de conformidade documental, de critérios legais de concessão e de averbações de tempo de contribuição.

O percentual vem decrescendo desde 2011, quando a CGE passou a compor o fluxo de tramitação dos processos. Em maio de 2011, o TCE-MT, por meio da Resolução Normativa 13/2010-TCE, passou a exigir da CGE a emissão de parecer de controle interno acerca dos processos de benefício previdenciário, concursos públicos e admissões de pessoal do Poder Executivo de Mato Grosso, para posterior envio à Corte de Contas.

Assim, o MTPrev elabora os processos e os envia à CGE para emissão dos pareceres por amostragem. A CGE devolve os processos à autarquia para eventuais adequações e posterior envio ao TCE.

“A redução no número de impropriedades nos processos encaminhados ao Tribunal demonstra a efetividade da análise feita pela CGE e o comprometimento do MTPrev na correção de falhas e erros identificados pela Controladoria, diminuindo os custos para o Estado com retrabalho e republicações de atos no Diário Oficial. Isso significa que o controle executado pelo MTPrev está funcionando, já que 3,14% de impropriedades são irrisórios em um universo de 2.796 processos”, explica o superintendente de Controle em Gestão de Pessoas e Previdência da CGE, Gilmar Souza da Silva.

O aprimoramento no desempenho deve-se também ao atendimento de algumas recomendações da CGE pelo MTPrev. Dentre elas, está a elaboração de checklist (listas de verificações) para a análise dos processos, o que permite uma revisão mais criteriosa antes da emissão à CGE e após o envio do parecer da Controladoria.

Contribuiu também a mudança de sede do MTPrev, o que proporcionou uma melhor estrutura de trabalho aos servidores da autarquia. Destaque ainda para a realização de treinamento periódico das equipes de análise da vida funcional dos servidores em vias de se aposentar e para o aperfeiçoamento do sistema informatizado de concessão do benefício.

O diretor-presidente do MT Prev, Ronaldo Rosa Taveira, afirma que a mudança para a nova sede e a melhoria no sistema motivaram ainda mais o servidor. “O desafio de melhorar a cada ano é o nosso alvo. Buscamos, por meio da nossa equipe, sempre realizar, com excelência, a análise para a concessão do benefício de aposentadoria, já que esse é um momento marcante na vida de todos os servidores”, ressalta Taveira.

Ligiani Silveira | CGE-MT

Seja o primeiro a comentar sobre "Processos de concessão de aposentadoria têm novo recorde de melhoria"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*