ANEL VIÁRIO

Foto: Edevílson Arneiro (SECOM-BG)

Dnit muda data de sua inauguração. Na última visita ao canteiro da obra os representantes do órgão prometeram aos presentes que a inauguração do Anel Viário de daria em maio. Só não disseram de que ano.

Como os moradores da “Grande Barra” são pacienciosos, e tem ouvido muitas promessas ao longo dos últimos vinte anos, entendem que há mais politicagem do que administração, ou seja, feita para beneficiar o povo.

O interessante de tudo é que tentamos ir ao local pra tirar dúvidas mas o acesso à ponte do Rio Garças está fechado. O vigia não cedeu aos nossos apelos, inclusive criando caso. Com certeza a obra está paralisada.

O que se imagina é que ela será entregue à população local como inacabada, ou seja, entregam as pontes e colocam os caminhoneiros a fazerem o percurso na terra batida. Sorte que eles já estão acostumados com buraqueiras, ou lamas profundas.

No caso também se poderá usar as ruas já asfaltadas, já que quando lançado, o Anel Viário passava fora do perímetro urbano de Barra do Garças e agora está passando dentro da cidade.

Na verdade, as pontes vão servir tão somente para multiplicar o escoamento de veículos de todos os portes e não somente caminhões, como pretendiam, anteriormente, ou seja, em tempos idos.

Como observou um morador do Pontal do Araguaia, já está na hora de pleitear outro Anel Viário, por que este já está defasado.
Em tempo: que se inaugure as pontes devidamente acabadas e iluminadas…

Seja o primeiro a comentar sobre "ANEL VIÁRIO"

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.


*